Av. Pasteur nº 233, 1º andar, Parque Anhanguera, Goiânia CEP: 74340-570
(62) 3996.9600
sac@syncode.com.br

Reajuste de preços de medicamentos ficará entre 2,09% e 2,84% em 2018

Reajuste de preços de medicamentos ficará entre 2,09% e 2,84% em 2018

 

De acordo com a Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED), o reajuste de preço de medicamentos ficará entre 2,09% a 2,84%. O aumento deste ano ficou, então, abaixo da inflação oficial de 2017, que teve o índice de 2,95%.

“Esse aumento abaixo da inflação já era esperado, e passará a ser sentido nos próximos dias pelos consumidores. A dica é que se pesquisem os preços, pois mesmo os preços tendo um teto fixado, podem ser obtidos bons descontos”, comenta o presidente da Federação Brasileira das Redes Associativistas e Independentes de Farmácias (Febrafar), Edison Tamascia.

De acordo com a pesquisa Análise do perfil de compra dos consumidores de medicamentos, realizada pelo Instituto Febrafar de Pesquisa e Educação Continuada (IFEPEC), o consumidor prioriza o preço na hora de comprar medicamentos. Quase a metade (45%) dos clientes troca os produtos que procuravam por genéricos ou similares de menor preço.

Além disso, dos entrevistados que foram às farmácias, 72% compraram os medicamentos, porém, somente 24% compraram exatamente o que queriam, 31% modificaram parte da compra e 45% trocaram os medicamentos por vontade própria ou por indicação dos farmacêuticos.

“Esse fato demonstra a existência de uma característica muito comum dos brasileiros, que é não ser fiel à marca que foi procurar em uma farmácia, ouvindo a indicação dos farmacêuticos. O principal fator de troca é o preço, demonstrando que as pessoas estão mais preocupadas com o bolso”, explica Tamascia.

Fonte: Guia da Farmácia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *