fbpx
Av. Pasteur nº 233, 1º andar, Parque Anhanguera, Goiânia CEP: 74340-570
(62) 3996.9600
sac@syncode.com.br

10 dicas para aumentar as vendas no final de ano

10 dicas para aumentar as vendas no final de ano

10 dicas para aumentar as vendas no final de ano

Medidas simples podem fazer a diferença nos lucros

O fim do ano é um dos períodos mais aguardados pelos comerciantes, pois, o esperado é que as vendas aumentem. Porém, com o cenário de incertezas econômicas dos últimos tempos, pequenas mudanças podem fazer a diferença na hora das vendas.

Investir em treinamento da equipe de atendimento e ampliá-la para a ocasião, se necessário, bem como apresentar o produto corretamente na vitrine podem ser decisivos no momento da compra.

Adequação de mix, conhecimento de produtos e aceitação de críticas fazem parte das orientações que podem acelerar suas vendas ainda no ínicio do ano

O gestor que sempre busca aprimoramento de seu negócio tem mais chances de satisfazer seus clientes, e, consequentemente, vender mais. Além do bom atendimento, existem outros recursos que prometem e conseguem fazer toda a diferença nos seus negócios. Aproveite a chegada de um novo ano para colocar em prática as doze dicas a seguir, que vão desde as qualidades de um bom vencedor até a finalização do processo de compra.

Pensando nisso, foram elaboradas dez sugestões que podem fazer a diferença na hora de abordar o cliente e aumentar as vendas:

1º.    Espaço da loja: a forma pela qual o vendedor percorre o local e demonstra os produtos, fará toda diferença no resultado do atendimento.

2º.    Conhecimento de produto: vale investir em cursos, treinamentos e reciclagem dos vendedores que terão papel de consultor.

3º.    Planejamento: apresentar e envolver a equipe de vendas nos planos e metas de crescimento da empresa para o próximo ano.

4º.    Mais trabalho x mais motivação: se a carga de trabalho irá aumentar, consequentemente as cobranças e o estresse vão também.

5º.    Novo público no período: proporcione a ele um atendimento diferenciado, dando enfoque nos produtos selecionados para esta época.

6º.    Coerência: não basta ter produtos destinados ao público-alvo, se o atendimento, entrega e pós-venda não acompanham.

7º.    Taxa de conversão: a equipe precisa entender que esta taxa é um importante indicador de desempenho e se bem aplicada, só trará benefícios.

8º.    Equipe autogerenciável: que a equipe tenha atitude positiva diante das objeções, como o famoso “Só estou olhando”.

9º.    Itens de luxo ou valor agregado: entender bem tudo o que está por trás daquele objeto é de suma importância para fazer jus ao valor atribuído a ele.

10º.    Vitrine:o cuidado em comunicar o produto deve estar aliado também à identidade da loja e ao perfil do cliente que se quer atingir.


Fonte: CROMA Consultoria em Treinamento, Imagem e Gestão de Varejo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *