Av. Pasteur nº 233, 1º andar, Parque Anhanguera, Goiânia CEP: 74340-570
(62) 3996.9600
sac@syncode.com.br

Farmácia ou Drogaria voltada para Terceira Idade e como prepará-la para esse público.

Farmácia ou Drogaria voltada para Terceira Idade e como prepará-la para esse público.

Para muitos, os idosos são vistos como estorvo. Esse desrespeito pode ser observado diariamente nas grandes cidades brasileiras. Por exemplo, quando pessoas não respeitam os bancos especiais separados nos transportes públicos para idosos. O simples fato de existirem esses bancos já demonstra essa desconsideração, pois a educação deveria fazer com que os mais jovens cedessem seu assento naturalmente, sem necessidade de haver lei e bancos especiais.

E qual é o tamanho dessa população no Brasil de hoje e sua importância para o varejo?

O IBGE apresenta informações de que os idosos (pessoas acima de 60 anos) já são quase 26 milhões de pessoas (13% da população) e nos próximos 20 anos esse número deverá triplicar. Nesse mesmo período a expectativa de vida também deverá saltar de 75 para 81 anos. Portanto, teremos uma quantidade maior de idosos e com uma vida mais longa.

Além desses dados numéricos observamos também mudanças importantes nas características dessa população. De modo geral, é muito mais ativa do que os idosos de 30 ou 40 anos atrás. Também é mais vaidosa e preocupada com a saúde. Quer viver mais e com qualidade.

Tudo isso já provoca impactos em nossas farmácias, que se tornarão maiores a cada ano.

Como os teremos cada vez mais como principais frequentadores do varejo farmacêutico, as farmácias precisam se adaptar para atendê-los melhor, o que também será uma grande oportunidade para nossos estabelecimentos.

Primeiro vamos enumerar o que as farmácias precisam fazer para atendê-los:

  • 1. Ter um atendimento mais atencioso. Como um idoso tem necessidades diferentes, quem atende deve ter competências também diferentes, como mais atenção, paciência e carinho. Não é tratá-lo como inválido, mas entender que esse consumidor pode ter dificuldades para ler e escutar, por exemplo.
  • 2. Em termos de estrutura, algumas adaptações devem ser feitas para facilitar a acessibilidade: menos degraus e mais rampas, além de cadeiras para descanso e espera de atendimento. E que o piso não seja escorregadio.
  • 3. A sinalização dever ser mais clara e visível, para atender às dificuldades visuais do idoso.
  • 4. Os produtos dirigidos a esse consumidor também devem ser expostos mais à vista e em locais de fácil acesso.
  • 5. O ambiente deve ser tranquilo, com cores neutras e sem música alta, por exemplo.
  • 6. Sem esquecer nunca que o idoso deve ter atendimento preferencial, tanto no balcão quanto no caixa.
  • 7. Ter sempre em estoque os medicamentos mais usados por essa faixa da população, principalmente os de uso contínuo, e atenção farmacêutica para orientar sobre o uso correto e importância de não interromper a medicação.

Agora vamos ver os diferenciais que uma farmácia pode ter para transformar em benefícios para a loja essa mudança do perfil da população e oportunidades para vendas.

1. Ter produtos voltados para o idoso. Ele não pode ser visto apenas como consumidor de medicamentos. Com o sistema de farmácia popular ele tem melhores condições de consumir outros produtos como:

  • Higiene pessoal, perfumaria e cosméticos
  • Tinturas para os cabelos
  • Cremes para tratamento e rejuvenescimento da pele
  • Hidratantes
  • Protetor solar
  • Fraldas para incontinência
  • Vitaminas
  • Maquiagem
  • Dietéticos
  • Dermatológicos
  • Para próteses dentárias

2. Palestras e atividades para idosos. Palestras que orientem sobre os cuidados especiais que o idoso deve ter com hipertensão, diabetes, etc.. Também pode realizar campanhas para controle dessas disfunções.

Em parceria com os clubes da região, a farmácia também pode organizar cursos, passeios, bailes, degustações, caminhadas, sessões de massagens e outras atividades físicas. É importante que atividades físicas, como sessões de ginástica, sejam realizadas por profissionais habilitados.

Algumas pessoas dizem que todo idoso é chato, mas isso não é verdade. Quantos amigos você tem com 20, 30 ou 40 anos e que já são chatos? Agora imagine-os com 70, 80 ou 90 anos. Quem é chato é assim a vida toda, não é por causa da idade.

Durante anos as farmácias ofereceram descontos para idosos na compra de medicamentos. Agora com os descontos dos planos de saúde e a Farmácia Popular, isso já não é mais um diferencial. É preciso ir muito além, criando um relacionamento menos comercial e mais humano.

Fonte: ABCFARMA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *