fbpx
Av. Pasteur nº 233, 1º andar, Parque Anhanguera, Goiânia CEP: 74340-570
(62) 3996.9600
sac@syncode.com.br

Reduza os custos da sua farmácia ou drogarias

Reduza os custos da sua farmácia ou drogarias

Reduzir os custos da farmácia é fundamental para garantir a competitividade do negócio no mercado farmacêutico. Além disso, a redução de gastos ajuda a manter a saúde financeira e a lucratividade do negócio.

Para ter um controle financeiro eficiente é preciso reduzir os custos da farmácia sem comprometer a qualidade dos produtos e serviços. Além disso, manter um alto nível no atendimento é essencial para conquistar e fidelizar clientes.

É importante estar atento aos gastos para evitar custos desnecessários, mas é preciso sempre pensar na eficiência da operação da drogaria antes de tomar decisões precipitadas para cortar custos.

Conhecer as contas

Antes de pensar em reduzir os custos da farmácia, o gestor precisa conhecer todas as contas da empresa. É preciso saber quais são os tipos de despesas realizadas e a finalidade de cada pagamento. Isso porque há gastos que são indispensáveis para o funcionamento do negócio.

Além disso, com uma análise profunda das contas é possível saber o que pode comprometer o fluxo de caixa da farmácia e buscar alternativas para economizar nas finanças da empresa.

Saiba como organizar as contas da farmácia

Encontrar os maiores gastos

Para iniciar uma análise que visa reduzir os custos da farmácia é preciso verificar quais são os maiores gastos da empresa. A partir desse levantamento, o gestor consegue saber se as contas que consomem a maior parte da verba da empresa podem ser diminuídas.

É importante lembrar que toda economia deve ser bem planejada e não pode comprometer o bom funcionamento da drogaria.

Uma situação bastante comum são empresários que apagam as luzes internas da loja durante o dia com a intenção de economizar os gastos com a conta de luz.

O problema ao apagar ou diminuir a iluminação interna da farmácia é que isso pode prejudicar a visibilidade dos produtos nas gôndolas e, consequentemente, comprometer as vendas. O que seria uma atitude de economia, passa a ser de prejuízo para a farmácia.

Para reduzir os custos da farmácia é possível economizar no consumo de energia elétrica, por exemplo, ao apagar a luz dos escritórios e banheiros quando os espaços não forem utilizados.

Eliminar as despesas desnecessárias para reduzir os custos da farmácia

Outra dica para reduzir os custos da farmácia é eliminar as despesas desnecessárias. Nesse sentido, é possível pensar em melhorar a gestão de compras para adquirir a quantidade correta de produtos capazes de suprir a demanda sem a necessidade de estoques muito altos. Para isso, é fundamental conhecer bem a Curva ABC da drogaria.

Ter um controle maior do fluxo de caixa também ajudará o gestor a eliminar o pagamento de juros e moras que influenciam negativamente o saldo da empresa. Além disso, é possível redirecionar a verba de marketing para materiais com menor custo, para reduzir os custos da farmácia sem comprometer a divulgação da empresa. Mas vale lembrar que a qualidade deve ser primordial para a publicidade da drogaria.

Negociar preço com fornecedores

A farmácia precisa de fornecedores de produtos e também prestadores de serviços. Pesquisar empresas que ofereçam descontos melhores e prazos maiores para pagamento pode ser uma boa alternativa.

Além disso, se a farmácia precisa de algum tipo de serviço ou equipamento, o ideal é que o gestor peça vários orçamentos de empresas diferentes. Dessa forma consegue negociar o preço mais vantajoso sem dispensar a qualidade que precisa.

Alinhar as estratégias de descontos

Oferecer descontos ao consumidor é uma maneira de atrair clientes para a farmácia. Para isso, o gestor precisa calcular os percentuais com muito cuidado para estabelecer os limites que não comprometam a margem de lucro da empresa e mantenham a drogaria competitiva no mercado local.

Valor do desconto aumenta chance de fidelizar o consumidor

Além disso, antes de pensar em reduzir os custos da farmácia com a diminuição dos descontos, é importante que o gestor saiba qual é a estratégia de negócio da farmácia. Nos modelos populares de drogaria, por exemplo, o foco em preço baixo deve ser levado em consideração. Nesses casos, o gestor precisa buscar outras alternativas para reduzir os custos na farmácia que não influenciem nos descontos ao consumidor.

Planejar os recursos humanos

Grande parte do valor gasto na farmácia está relacionado com os recursos humanos. Por isso, elaborar um bom processo de seleção de pessoal pode ajudar a contratar melhor e a diminuir o turnover, que gera altos custos para o negócio.

Outro fator interessante é que o gestor priorize os treinamentos dos colaboradores. Uma equipe bem capacitada tem menor probabilidade de cometer erros, que muitas vezes geram prejuízos e gastos desnecessários para a farmácia.

Como evitar erros na gestão de pessoas na drogaria

Organizar os processos e as atividades também é uma forma de diminuir os custos na farmácia. Isso porque se o trabalho é realizado com qualidade e rapidez, haverá menor necessidade de retrabalhos que podem aumentar os gastos com horas-extras, por exemplo.

Automatizar processos

Para reduzir os custos da farmácia é fundamental que todos processos sejam executados com rapidez e qualidade. Por isso, é importante o gestor automatizar as atividades para reduzir despesas.

Vale ressaltar que a utilização de métodos manuais exige mais tempo de execução, tem maior probabilidade de erros e, consequentemente, aumenta os custos da empresa.

Acompanhar o regime de tributação

A alta carga tributária exige atenção dos empresários do varejo farmacêutico. Por isso, os números do faturamento devem ser acompanhados com cuidado para garantir que o regime de tributação enquadrado esteja de acordo com a legislação e alinhado aos objetivos da empresa.

Entenda a importância de conhecer a tributação para farmácias

A escolha inadequada de um regime de tributação pode acarretar no aumento de gastos da empresa. Isso pode gerar consequências negativas para os resultados da farmácia. O gestor precisa ficar atento aos relatórios da farmácia e promover as mudanças necessárias conforme a legislação sem comprometer a lucratividade do negócio.

Fonte: Farmarcas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *